Veja as empresas que estão suspendendo os anúncios no Twitter após a aquisição de Elon Musk

A nova liderança do Twitter está deixando alguns anunciantes nervosos.

A nova liderança do Twitter está deixando alguns anunciantes nervosos.

Empresas como General Motors, Volkswagen, Audi e Pfizer teriam pausado os anúncios na plataforma à medida que a preocupação com os planos de moderação de conteúdo de Elon Musk cresce, segundo o The Wall Street Journal.

Na quinta-feira, o bilionário tentou tranquilizar os anunciantes nervosos de que a plataforma permaneceria segura para anunciar em uma reunião virtual com mais de 100 anunciantes e executivos de agências de publicidade, informaram Lara O’Reilly e Lindsay Rittenhouse, da Insider.

Todavia, alguns anunciantes não têm tanta certeza e pressionaram a pausa na publicidade por enquanto.

General Mills

A General Mills, uma empresa de alimentos cujas marcas incluem cereais matinais Cheerios, Bisquick e Häagen-Dazs, pausou toda a publicidade na plataforma de mídia social. 

“Como sempre, continuaremos monitorando essa nova direção e avaliando nossos gastos com marketing”, disse um porta-voz da General Mills ao  The Wall Street Journal.

Audi

Audi A8.
Audi A8. 

A montadora alemã Audi AG também suspendeu sua publicidade no Twitter. 

O porta-voz da Audi, Whaewon Choi-Wiles, disse à Associated Press na quinta-feira que a empresa “continuará a avaliar a situação”.

Pfizer

A Pfizer também suspendeu sua publicidade na plataforma de mídia social, segundo o The Wall Street Journal, que citou pessoas familiarizadas com o assunto.

A Pfizer não respondeu imediatamente ao pedido de confirmação da Insider.

General Motors

A General Motors, concorrente da Tesla de Musk, suspendeu sua publicidade na semana passada. No entanto, a empresa disse que continuará usando a plataforma para interagir com os clientes, mas não pagará por nenhum serviço no site. 

“Estamos interagindo com o Twitter para entender a direção da plataforma sob sua nova propriedade. Como é o curso normal dos negócios com uma mudança significativa em uma plataforma de mídia, pausamos temporariamente nossa publicidade paga. Nossas interações de atendimento ao cliente no Twitter continuarão,” disse a empresa em um comunicado enviado por e-mail.

Volkswagen

A Volkswagen teria tomado medidas semelhantes e retirado seus anúncios da plataforma de mídia social, segundo fontes anônimas do The Wall Street Journal.

Representantes da Volkswagen não responderam imediatamente ao pedido de confirmação da Insider.

Mondelez International

O logotipo da Mondelez International e os biscoitos Oreo são vistos nesta foto ilustrativa tirada em Cracóvia, Polônia, em 25 de setembro de 2021.
O logotipo da Mondelez International e os biscoitos Oreo são vistos nesta foto ilustrativa tirada em Cracóvia, Polônia, em 25 de setembro de 2021. 

De acordo com o relatório, a fabricante de Oreo Mondelez International também suspendeu a publicidade no Twitter por enquanto. 

Os representantes da Mondelez International não responderam imediatamente ao pedido de confirmação da Insider.

Interpublic Group

A grande agência de publicidade Interpublic Group também aconselhou os clientes a pausar os gastos com publicidade no Twitter durante o ínterim “caótico” da empresa. 

O Interpublic Group escreveu em um e-mail na segunda-feira revisado pelo The Wall Street Journal: “A situação atual é imprevisível e caótica, e maus atores e comportamentos inseguros podem prosperar em tal ambiente”.

“Neste momento, não podemos afirmar com confiança que o Twitter é um lugar seguro para as marcas.”

As agências de publicidade Havas e IPG também aconselharam os clientes a pausar os gastos no Twitter. 

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias