Rússia diz que não moverá navios de grãos

Preços de grãos disparam após Rússia suspender envolvimento em acordo Grain

Preços de grãos disparam após Rússia suspender envolvimento no acordo Grain.

Rússia alertou que a segurança dos navios de exportação de grãos da Ucrânia não pode ser garantida sem condições adicionais. Isso aumenta os riscos para o comércio do Mar Negro, porque a Rússia interrompeu o envolvimento em um acordo importante.

“O movimento de navios no corredor de segurança é inaceitável”, disse o Ministério da Defesa da Rússia, repetindo alegações inconsistentes de que a Ucrânia usou o corredor para fins militares. O ministério enfatizou que a Rússia não abandonou o acordo, mas apenas suspendeu seu envolvimento.

Vladimir Putin afirmou que a Ucrânia deve garantir que não haja ameaças a navios civis ou russos.

Os comentários criticam as autoridades russas. Mais cedo, a Ucrânia disse que a Rússia atingiu dois rebocadores civis, envolvidos no transporte de uma barcaça de grãos, localizada a leste do corredor de exportação.

Os preços dos grãos subiram após a Rússia dizer que estava suspendendo seu envolvimento no acordo. No domingo, a ONU disse que quatro navios planejavam entrar nos portos ucranianos, enquanto12 buscavam sair. Pelo menos um dos navios de entrada parecia ter voltado, enquanto outro não entrou no corredor.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, está envolvido em conversas “intensas”, destinadas a reverter a suspensão da Rússia, disse o porta-voz Stephane Dujarric. A equipe da ONU, localizada no Centro de Coordenação Conjunta em Istambul, manterá discussões com seus colegas russos para “tentar obter alguma clareza” sobre a declaração do Ministério da Defesa da Rússia, disse ele.

Nós da Sax esperamos que os navios russos tenham segurança, e que todas essas complicações sejam resolvidas.

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias