Ações estão prontas para começar bem o mês de novembro.

Em parte devido à crescente esperança do Federal Reserve sinalizar que reduzirá seu ritmo de aumentos das taxas.

Isso acontecerá por conta da sinalização de que o Federal Reserve reduzirá seu ritmo de aumentos das taxas.

O banco central dos EUA deve aumentar as taxas em 75 pontos base (0,75 ponto percentual) na quarta-feira. O Fed elevou as taxas nas últimas três reuniões.

Durante a maior parte do ano, o Fed vem destacando a importância de aumentar as taxas para combater a pressão inflacionária, não vista em décadas. No entanto, depois que dados recentes apontarem que a inflação pode estar diminuindo, a esperança de um chamado pivô do Fed aumentou.

“No geral, não acreditamos que o Fed se comprometa com um aumento de 50 pb em dezembro, mas esperamos que eles forneçam uma linguagem indicando que está dentro do campo de possibilidades”, disse Wells Fargo. “Provavelmente haverá mais linguagem sobre o comprimento em uma taxa restritiva dos Fed Funds, e isso pode ser usado para mitigar o otimismo esperado com uma potencial função de ‘redução’”.

Um pivô do Fed faria a volatilidade cair, levando a uma forte alta nas ações.

Por causa disso, a CNBC Pro procurou ações do Dow Jones Industrial Average que possuem maior correlação inversa com o VIX. Microsoft e Salesforce são dois desses cinco nomes, de acordo com dados do Portfolio Visualizer.

As ações da Microsoft caíram 31% no acumulado do ano, e a Salesforce perdeu 36% nesse período. De acordo com o FactSet, 78% dos analistas que cobrem a Microsoft e a Salesforce os classificam como compras.

Analistas, veem a Microsoft subindo 28%. O preço-alvo médio do Salesforce tem uma alta de 32%.

Nós da Sax acreditamos que essas ações podem se beneficiar de um pivô do Fed. Porém, é importante tomar cuidado.

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias