Investimento em tecnologia: Veja as ações favoritas de 100 anos de Wall Street para comprar

Os investidores estão decepcionados com o baixo rendimento das ações de tecnologia após serem divulgados os resultados desanimadores da semana passada. Isto acaba gerando uma tendência a voltar para os nomes da velha economia referente às escolhas de ações mais valorizadas no momento.

Os investidores estão decepcionados com o baixo rendimento das ações de tecnologia após serem divulgados os resultados desanimadores da semana passada. Isto acaba gerando uma tendência a voltar para os nomes da velha economia referente às escolhas de ações mais valorizadas no momento.

De acordo com os relatórios trimestrais de ações de tecnologia de mega capitalização apontam para crescimento menos do que o esperado envolvendo o setor de tecnologia. As ações da Amazon caíram quase 15% na semana passada até sexta-feira, após a gigante do varejo online divulgar sua receita trimestral que ficou abaixo das estimativas. Meta caiu 25% na semana, Alphabet caiu quase 6% e Microsoft foi cerca de 3,5% menor. A Apple era o raro “raio de luz” entre os grandes ganhos de tecnologia, de acordo com Aaron Rakers, da Wells Fargo.

Esses efeitos dividiram o mercado, com o Dow e o S&P 500 avançando 5,5% e 3,6%, respectivamente. O Nasdaq Composite, pesado em tecnologia, ficou atrás dos outros dois índices, embora também tenha encerrado a semana em alta.

Para capitalizar essa tendência emergente, a CNBC Pro procurou nomes familiares da velha economia que estão novamente em destaque. As ações do S&P 500 que surgiram em nossa tela excluem a tecnologia e existem há 100 anos ou mais. Eles têm classificações de compra da maioria dos analistas, ou mais de 55%, que cobrem as ações. E espera-se que eles cresçam 20% ou mais a partir daqui.

Aqui estão seis nomes.

EQT

Foi fundada em 1888, é a ação mais antiga da nossa lista. A empresa de energia é amada pela maioria dos analistas, cerca de 77%, que esperam que as ações subam 56% daqui. Analistas do Morgan Stanley disseram que o EQT tem a configuração de “melhor risco-recompensa” nos meses de inverno.

Motores Gerais

Começou em 1908 e tem uma classificação de compra de 62,5% dos analistas. De acordo com estimativas de consenso no FactSet, as ações devem avançar 25,7% a partir daqui. Na semana passada, a General Motors divulgou os lucros que superaram com folga as expectativas pré-estimadas , embora tenha ficado um pouco abaixo das previsões de receita, e manteve sua orientação para o ano inteiro.

Boeing

Fundada em 1916, é considerada uma oportunidade de compra por cerca de 65% dos analistas. Eles esperam que as ações das companhias aéreas saltem 38%. Após o último relatório trimestral da Boeing, o Goldman Sachs disse que as ações da companhia aérea podem subir mais de 80% à medida que em que forem melhorando seus fundamentos.

Fundada em 1892, a Assurant tem uma classificação de compra de quase 78% dos analistas. Eles esperam cerca de 35% de alta daqui. Outras ações nesta lista são Halliburton e Grupo CBRE.

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias

Destaques