Ações de energia podem representar 30% do S&P 500 até 2025

O S&P 500 está pronto para uma grande mudança nos próximos anos, à medida que as ações de energia finalmente recebem mais atenção dos investidores, disse o estrategista de investimentos Louis Navellier em nota na sexta-feira.

O S&P 500 está pronto para uma grande mudança nos próximos anos. Isso acontece porque as ações de energia estão recebendo mais atenção dos investidores, afirmou o estrategista Louis Navellier.

Navellier espera que o aumento continue, prevendo que o setor de energia pode representar 30% do S&P 500 até 2025. Isso seria um crescimento meteórico para o setor, que tem sido evitado por investidores focados em ESG nos últimos anos.

Tal movimento seria alimentado às custas do setor de tecnologia, que combinado com os serviços de comunicação compunham quase metade do S&P 500 em 2020.

“As ações de tecnologia continuam nervosas e uma mudança de liderança está em andamento”, disse Navellier, em referência aos resultados de lucros desta semana de empresas como Meta e Amazon.

“Eu prevejo que, no início de 2025, as ações de energia serão 30% do S&P 500 e elas cairão para cerca de apenas 32%”, disse Navellier. O principal fator por trás dessa tese é que os gestores de investimentos precisam se recuperar e comprar ações de energia, pois a maioria as abandonou quando o setor estava com apenas 2% do índice.

Essa medida pegaria a maioria dos investidores que não compram índices passivos, visto que alguns esperam um provável declínio nos preços do petróleo. Isso aconteceria com um possível acordo de paz entre a Rússia e a Ucrânia.

A perspectiva de Navellier, embora extrema, é uma continuação das tendências atuais. O setor de tecnologia caiu 25% no acumulado do ano, enquanto o setor de energia aumentou quase 70% no mesmo período.

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias

Destaques