Yen explode após intervenção do ministério das finanças do Japão

Mais uma intervenção do MoF (Ministério das Finanças) no Yen derrubou os preços da paridade USDJPY hoje de manhã. O par que havia atingido as máximas de julho de 1990 após grande desvalorização no dia (+4,96% na máxima) foi martelado pra baixo após forte venda de dólares e dívida soberana americana.

É um momento completamente contraditório e que provavelmente não funcionará por muito tempo: o BoJ torrando quantidades de Yen ilimitadas para evitar que o YCC imploda (com compras de emergência de Bonds) e o MoF torrando reservas em dólar (financiado pela venda de Treasuries americanos) para evitar que o iene imploda.

Sequência

Acompanhe essa sequência abaixo e entenda porquê essas intervenções não irão adiantar em nada pra conter a desvalorização do JPY.

  • A primeira intervenção do governo japonês (MoF) aconteceu em 22 de setembro de 2022. Foi a primeira intervenção dessa forma desde 1998, algo histórico.
  • Porém, durou pouco tempo e em apenas algumas semanas o preço já havia voltado para os patamares da intervenção. Com a volatilidade na moeda e o dólar forte (com as curvas de juros abrindo forte) o governo japonês teve que intervir novamente, dessa vez em 13 de outubro.
  • E a terceira rodada foi essa semana, na terça-feira.

Ministro das finanças

O ministro das Finanças, Shunichi Suzuki, reiterou nessa sexta-feira que o Japão está pronto para agir, dizendo que a recente fraqueza repentina e unilateral do iene era indesejável e ele estava observando os mercados com um alto senso de urgência.

160/USD (de abril de 1990) parece ser o próximo nível a ser testado…

Um trader da mesa de derivativos de FX do Goldman disse ontem: “eles perderam totalmente o controle, o BoJ está fodido de qualquer maneira aqui”.

Ele está se referindo ao fato de que enquanto ninguém está falando sobre isso, o esquema de controle da curva de juros (YCC) do BoJ falhou com os JGBs de 10 anos sendo negociados acima do limite de 25bps por mais de um mês.

De todas as intervenções do BoJ (comprando títulos para tentar derrubar os yields abaixo de 0.25% novamente) e do MoF (vendendo dólar pra impedir o colapso do Yen) feitas nos últimos meses, de nada terão efeito se as taxas de juros globais continuarem a subindo e o dólar continuar apresentando essa força descomunal.

E detalhe: A situação em que o BoJ se coloca de liquidar dívida soberana (o Japão é o maior detentor de dívida dos EUA junto com a China) para “defender” a volatilidade na sua moeda, só piora ainda mais o stress no emrcado de Bonds, impulsionando ainda mais os yields americanos…

… o que por sua vez deteriora ainda mais os custos de carry e coloca ainda mais pressão de compra de dólar frente ao iene (stonks).

A única salvação (se já não for tarde demais) para o BoJ, é abandonar sua política monetária de estímulos, embrulhar e jogar no lixo o programa de controle da curva (YCC – Yield Curve Control) e começar a subir as taxas de juros para o positivo (O Japão, junto com a China, são os únicos países no mundo ainda em PM estimulativa, com o Japão ainda em NIRP).

Portanto, em caso de inalteração na PM, essa vai ser só mais uma das intervenções frustradas em alguns dias.

Adivinhe o que acontece em seguida?

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias

Destaques