Yelds revertem baixas recentes, entenda porque a alegria vai durar pouco.

Os traders venderam títulos do governo na manhã de quarta-feira, uma reviravolta de dois dias de ganhos , enquanto se preparavam para novos dados mensais de emprego na sexta-feira que ajudarão a definir o ritmo da postura política do Fed.

Os traders venderam títulos do governo na manhã de quarta-feira, uma reviravolta de dois dias de ganhos , enquanto se preparavam para novos dados mensais de emprego na sexta-feira que ajudarão a definir o ritmo da postura política do Fed.

  • Os yelds dos EUA, que sobem quando os preços dos títulos caem, começaram a subir da noite para o dia juntamente com os ganhos dos GILTs do Reino Unido. Eles continuaram a subir depois que a pesquisa da ADP apontou mais ganhos de emprego nos EUA do que o esperado no mês passado. O relatório da ADP às vezes é considerado um proxy antecipado dos dados do Departamento do Trabalho que devem ser divulgados na sexta-feira.
  • Os yelds subiram ainda mais depois que o índice dos gerentes de compras ISM mostrou atividade comercial acima do esperado para serviços em setembro – o 28º mês consecutivo de expansão do setor de serviços.
  • Nas negociações recentes, o rendimento de 10 anos foi de 3,767%, acima dos 3,616% de terça-feira. O rendimento de dois anos subiu para 4,192%, de 4,097% um dia atrás.

Os prêmios tendem a subir e descer com as expectativas dos investidores sobre como o Fed definirá a política de taxas de juros ao longo da vida de um título do Tesouro. Os traders agora estão focados no que o Fed fará em suas reuniões de novembro e dezembro.

Um relatório do Departamento do Trabalho de terça-feira mostrou uma queda notável nas vagas de emprego em agosto, um sinal potencial de uma economia em desaceleração que poderia argumentar para que o Fed alivie os aumentos das taxas. Por outro lado, as autoridades do Fed afirmaram esta semana que continuam comprometidas com os aumentos das taxas.

Parece que o vento virou novamente e precisamos ajustar as velas de novo.

Para receber mais conteúdos como este, se inscreva no nosso Canal do Telegram.

Últimas notícias

Destaques