O primeiro-ministro da Índia, Modi, diz a Putin que agora ‘não é uma era de guerra’

“Sei que a era de hoje não é uma era de guerra, e falei com você ao telefone sobre isso”

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse na sexta-feira ao presidente russo, Vladimir Putin, que agora não é hora de guerra, com alimentos, fertilizantes e segurança de combustível entre as principais preocupações do mundo no momento.

“Sei que a era de hoje não é uma era de guerra, e falei com você ao telefone sobre isso”, disse Modi a Putin durante a cúpula do bloco de segurança regional no Uzbequistão, acrescentando que a democracia, a diplomacia e o diálogo mantêm o mundo juntos.

Putin disse que entendia as preocupações de Modi sobre a guerra na Ucrânia. “Conheço sua posição sobre o conflito na Ucrânia e sei de suas preocupações. Queremos que tudo isso acabe o mais rápido possível”.

Putin, que se encontrou com o presidente chinês Xi Jinping na cúpula, reconheceu na quarta-feira as preocupações de Pequim sobre a guerra .

Modi e Putin falaram à margem da reunião da Organização de Cooperação de Xangai (SCO), cujos membros permanentes, além da Índia, incluem China, Rússia, Paquistão, Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão.

“Nosso comércio está crescendo, graças aos seus suprimentos adicionais de fertilizantes russos para os mercados indianos, que cresceram mais de oito vezes. Espero que isso seja de grande ajuda para o setor agrícola da Índia”, disse Putin.

Mais notícias